Rss Feed
  1. Lua Azul*

    28/06/2009

    Cortara a trilha da floresta como um relâmpago. Precisava alcançar o cume da montanha antes do anoitecer.
    Liberta dos temores que a assombravam, corria ofegante.
    Seu desejo: alcançar a lua.
    Sabia não ser tão fácil assim. Como sempre, se impunha desafios, às vezes, inatingíveis.
    Mas, em seus sonhos, este era possível.
    Quando a Lua Cheia surgisse pela segunda vez naquele mês, ela iria ao seu encontro.
    O dia havia chegado. O fenômeno da Lua Azul.
    Parou por um instante. Não poderia voltar atrás. Alcançara a parte mais alta, o ápice da montanha.
    Olhou a sua volta e só via precipício.
    Quando a viu, em todo o seu resplendor, cercada de luzes brilhantes que fulguravam como coadjuvantes ao seu redor, chorou.
    Observou que ela não era azul, mas cinza. Pouco importava, já não podia esperar mais.
    Deu três passadas para trás. Correu. Saltou rumo ao céu.
    E se perdeu na imensidão do azul.

    Por Rê Lima

    *O termo lua azul se refere comumente à segunda Lua Cheia que ocorre num mesmo mês. A freqüência de acontecimento, é de 1 vez a cada 2 anos ou 3 anos.
    Fonte: Wikipédia

  2. 5 comentários:

    1. Lili disse...

      Uau Rê, que final... Gostei muito do seu tema: Alcançar a lua. Muito bem escrito, fiquei tb visualizando a cena...Belíssimo. Parabéns!

      bjssss
      Lili

    2. Elisandra disse...

      Adorei a busca pela lua...achei marcante....parabéns..beijokas elis!!!

    3. Robson Ribeiro disse...

      Rê, eu mesmo já toquei na lua várias vezes...

      Belíssimo texto. Parabéns!

    4. Cris Costa disse...

      Rê,
      Adorei o ritmo do texto e principalmente do final "E se perdeu na imensidão do azul.".
      Estou admirada com seu poder de síntese, pois tem muita ação e emoção em um texto curto. Bravo!
      Parabéns!
      Bjs

    5. Vivi disse...

      Rê, o liame entre sonho e realidade dá o que pensar... Será que é sonho? Será que foi real? Mas, é o que é sentido é real. Um texto muito bem orquestrado e associação com o firmamento deu um toque a mais para conferir beleza e verdade ao que você escreveu.

      Bjs