Rss Feed
  1. Passagem

    16/03/2010

    Por: Cris Costa
    Ela olhava para ele,
    Ele olhava para o relógio,
    A forte chuva da manhã,
    Atravasa o trem em meia hora.
    Ele olhou para ela,
    Ela enviava uma mensagem pelo celular,
    Ela notou que ele a observava,
    E retribuiu o olhar.
    Trocaram olhares por alguns minutos,
    Um sorriso se formou nos lábios dele,
    O trem chegou,
    Ela embarcou.
    Ele ficou parado,
    E com um aceno de cabeça,
    Jurou que a esperaria amanhã,
    No futuro.

  2. 2 comentários:

    1. Medéia disse...

      O tempo é algo estranho.
      Mesmo fora do seu lugar comum, está muito bom Cris.
      Beijão

    2. Vivi disse...

      Gostou da história dentro do poema. Um ótimo olhar sobre o tema.

      Beijos