Rss Feed

  1. Olá, turma! 

    Sou o intruso no Clube da Luluzinha, e venho apresentar-lhes o nosso primeiro tema desta retomada! Em agosto, nosso tema não será cachorro louco, mas morto louco. Digo, zumbis!

    De uns anos pra cá, eles definitivamente entraram no gosto popular, tanto que existe, desde 2001, até uma marcha pública de pessoas vestidas de zumbis na Califórnia. De lá pra cá, essa turba já conquistou outros países, incluindo o Brasil, onde acontece desde 2006, em São Paulo, a Zombie Walk SP, em 2 de novembro (Dia de Finados).

    Eu pessoalmente só mergulhei mesmo no universo deles quando comecei a assistir apaixonada e viciadamente à série de TV "Walking Dead" (por culpa da maninha)! Baseada em uma história em quadrinhos publicada pela Image Comics, a série da AMC/Fox está indo para a terceira temporada em outubro, depois de 19 episódios.

    Gosto da história porque trata de um mundo pós-apocalíptico dominado por zumbis velozes, o que já é aterrorizante, mas com foco nas angústias e nos problemas psicológicos e de relacionamento que os sobreviventes humanos precisam enfrentar em sua nova microsociedade.



    Mas o que torna os zumbis bacanas assim? Eles têm algumas semelhanças com os vampiros, seus "primos" bem mais clássicos e elegantes que esses feiosos em decomposição. Por exemplo, ambos estão ao mesmo tempo mortos e vivos; e podem espalhar para mais humanos sua condição amaldiçoada.

    Mas os zumbis são feios! Apodrecendo! Caindo aos pedaços! Fedorentos! Qual é a atração disso? Que papo maluco é esse de que eles comem cérebros? De onde é que eles vieram? Bem, tentaremos responder a essas e outras questões... narrativamente! Ou quem sabe até poeticamente?

    A única coisa que posso responder agora é... Bããããããããããããã.... Bláaaaurghrr.... Uuuurgggg...


    (Fotos: site da Zombie Walk SP; exceto a primeira, de parada em Birmingham, na Inglaterra, de autoria do fotógrafo britânico Shaun Joyce)

  2. 4 comentários:

    1. Medéia disse...

      É isto aí, Maurício!
      Urghhhh... bããaaa... blergggg para todos nós
      E levantaremos da tumba e comeremos os seus cérebros...
      ;-)

    2. Vivi disse...

      Corram para as montanhas!

      Quanto a mim, sobrou-me o papel dos que gritam desesperadamente diante de um ataque zumbi. Ficarei escondida até terminar esse texto. Primeira coisa a fazer: montar barricadas.

    3. disse...

      Ai que "meda"...

    4. Cris disse...

      Lembrem-se de atirar na cabeça, sempre!