Rss Feed
  1. Eurótica

    24/04/2008


    Eurótica
    Erótica
    Mente
    O que sente
    Vem, rapaz
    Quero-te dentro de mim
    Polpudos Seios à mostra
    Eu roupa
    Sem roupa
    Sou o meu corpo
    Lânguida
    Ansiosa por satisfazer as minhas loucuras
    Fazer tremer e possuir-te sem freios
    Desvendar os seus mistérios com voracidade
    Beijar todo o seu ser
    Conhecer sua anatomia
    Sem medo e falsos temores
    Gozar ao sentir o seu corpo no meu
    Sem compromissos, apenas desejo
    De possuir-te plenamente
    Vem, e me cubra, aqueça-me
    Com lubricidade
    Prometo cobrir-te com afagos cheios de suor,
    Cheiros
    Sensações
    Conduza-me pelos meandros dos pensamentos lascivos
    Em um suave traçado de nossos corpos nus
    Entregues à deliciosa exaustão do sexo bem feito
    Sem culpa e nem receios
    Ser feliz
    Apenas peço-te uma coisa:
    Não me cobre amor incondicional
    Hoje quero ser apenas imoral

    Por Rê Lima

  2. 5 comentários:

    1. Vivi disse...

      Todas optamos pelo foco da primeira pessoa..kkkk

      Gostei! Texto sincero e honesto.

      Beijos
      Vivi

    2. Cris Costa disse...

      Uau, Rê!!!
      Parabéns!!!
      Deixou o meu texto parecendo conto infantil...hehehehe:-)

      Bjs

    3. Medéia disse...

      Sabe o que gosto nos seus textos Rê?
      Eles falam muito de você...

      Parabéns...

    4. gostei. interessante como vai mudando o foco das palavras para a narrativa. e o título nao poderia ser melhor escolhido.

    5. «Aninha®» disse...

      Concordo com o Rodrigo, o título é perfeito!

      Penso que está erótico na medida.
      Muito bom, continue assim...